Xiaomi anuncia o Mi 6 em Beijing

Durante as últimas semanas os rumores acerca do novo lançamento da Xiaomi não pararam. Foram vários vazamentos e publicações com supostas especificações e preços, que acabam ajudando a criar o hype em torno de um produto nas suas vésperas de ser finalmente revelado. E foi o que ocorreu hoje na apresentação oficial do Mi 6 para seus Mi Fãs e parceiros comerciais.

O dispositivo chega para substituir o antigo flagship da empresa, o Mi 5S, no qual o Mi 6 ainda adota um formato e desenhos similares, mas melhorados: no lugar do vidro 2.5D utilizado anteriormente, o Mi 6 utiliza agora um vidro 3D com curvatura em seus 4 lados. O processo para obtenção do formato da tela envolve 12 dias de polimento contínuo no vidro. A traseira volta a adotar vidro ou cerâmica, resgatado do Mi 5 e com uma integração mais precisa ao seu frame de aço inoxidável, que deixa de ter o aspecto fosco para um glossy altamente resistente à riscos. Seu processo de fabricação também não é rápido: ele requer 272 passos para sua formação dentro de 50 procedimentos diferentes.

Em relação a processamento, o Mi 6 virá com o Snapdragon 835, o novo processador octa-core fabricado em tecnologia FinFET 10nm da Qualcomm com a nova arquitetura Kryo 280. Acompanhando o pacote, o dispositivo contará ainda com 6GB de RAM em todas as suas variantes.

A estrela do Mi 6 é certamente a câmera. Concebida com um conjunto de know-how adquirido de aparelhos lançados anteriormente pela marca, as capturas de imagem mostram uma qualidade surpreendente sem perda de qualidade. A estabilização ótica de 4 eixos que foi introduzida no Mi 5 volta agora ao Mi 6, com sua configuração de câmera dupla de 12MP que permite zoom óptico de 2x sem perda de qualidade, graças à sua câmera telephoto secundária, além do zoom digital de 10x. Este é o primeiro dispositivo Xiaomi com câmera dupla num setup de 5.15″ de tela. Embora ainda não tenhamos como fazer comparação com lançamentos de outras fabricantes, espera-se que o desempenho da câmera seja superior ou equivalente à câmera dupla do iPhone 7 e superior à câmera única do Galaxy S8. Veremos de fato se a comparação é verdadeira quando fizermos o review do aparelho. Abaixo vocês conferem algumas imagens capturadas com a câmera dupla do Mi 6:

Além do redesenho do design, três outras novidades (boas e ruins) foram introduzidas. O Mi 6 é o primeiro dispositivo da Xiaomi a contar com alto-falantes estéreo, o que garantirá uma experiência mais imersiva em jogos e vídeos. Também foi incluída proteção contra respingos de água, o que faz parecer que finalmente a Xiaomi esteja caminhando na direção correta e que futuramente podemos ainda ver algum dispositivo com proteção total contra imersão. Partindo para o lado negativo, o dispositivo não contará com entrada 3.5mm para fones de ouvido, assim como ocorreu com o iPhone 7. Ainda não há informações sobre a inclusão de um adaptador na caixa do dispositivo, mas com certeza a remoção da entrada fará com que alguns usuários pensem duas vezes antes de adquirirem o novo aparelho.

Especificações:

Xiaomi Mi 6
Processador Qualcomm Snapdragon 835 Octa-core
6GB de RAM
64/126GB de armazenamento
Versão de cerâmica opcional para variante 6GB/128GB
Tela de 5.15″ com função eye care
Câmera dupla de 12MP com estabilização óptica de 4 eixos
Bateria de 3350mAh
Bluetooth, GPs, A-GPS, Glonass, BeiDou, Dual 2×2 Wi-fi 802.11ac

O Mi 6 começará a ser vendido na China no dia 28 de abril, nas cores Black, White, Blue e Silver. Os preços serão de CNY2499 (cerca de R$1138,00) para a versão 6/64GB, CNY2899 (cerca de R$1320,00) para a versão 6/128GB, e CNY2999 (cerca de R$1366,00) para a versão 6/128GB de cerâmica. Ainda não há informações sobre o lançamento em outros mercados.

[DOWNLOAD] – ROM MIUI Brasil 7.4.13/14

As atualizações chegaram! 🙂

Mais uma versão da MIUI Brasil disponível para nossos usuários!

Vamos aos avisos?

Se é a sua primeira vez instalando uma ROM MIUI Brasil, você pode entender direitinho o que elas trazem de diferente clicando aqui. Caso seu telefone ainda seja bloqueado, ou você tenha acabado de recebê-lo, recomendamos que você verifique aqui se a ROM que está no seu telefone é original. No mesmo artigo, você encontrará informações detalhadas de como desbloquear o seu bootloader!

Caso ainda assim você tenha alguma dúvida, acesse nossa página no Facebook, nosso grupo no Facebook ou nosso grupo no Telegram!

Para usuários da MIUI Brasil que não estiverem conseguindo utilizar o Now on Tap após a instalação do App do Google, façam o seguinte:

  • Acessem o menu Configurações > Apps instalados (ou Apps) > Botão “Padrões” > Assist. e entrada por voz > App de assistência;
  • Selecione o App do Google na lista exibida, e pronto. Now on Tap ativado! 🙂

Atenção: para as atualizações do MIUI que alterem a versão base do Android (ex.: do Android 6.0 para 0 7.0), é obrigatório que seja feita a instalação da ROM oficial chinesa/global antes de instalar a custom ROM, e ainda é necesário refazer o desbloqueio de bootloader, conforme instruído pela Xiaomi quando o upgrade de versões do Android ocorrem. Certifique-se de que você já tem permissão para desbloqueio antes de fazer a instalação. Caso o bootloader bloqueie novamente, basta utilizar o MiFlashUnlock para refazer o processo de desbloqueio no novo modem.

Atenção: ROMs MIUI Brasil são ROMs personalizadas (custom) com base na MIUI China oficial, como parte dos esforços no Brasil do fansite oficial.

Atenção: a partir deste release, as ROMs MIUI Brasil serão compiladas quinzenalmente até o lançamento do MIUI 9. Isto permitirá que nossos desenvolvedores aperfeiçoem ainda mais o sistema de compilação de ROMs para quando a nova versão do Sistema Operacional seja lançada ao público. Tomamos esta decisão de acordo com a frequência e relevância de atualizações do MIUI nesta reta final. Como as melhorias estão sendo mínimas, a atualização quinzenal é o melhor approach para que possamos otimizar ainda mais o uso do tempo de nossa equipe em problemas críticos.

Agora, ao que interessa: o que mudou nesta semana?

Changelog MIUI 7.4.13/14 (baseada no MIUI China 7.4.13/14)

Clima
Otimização – Nova interface de informações de clima para cidades
Otimização – Interação no modo de alternância de cidades registradas
Otimização – Problemas de performance ocorriam quando múltiplas cidades eram selecionadas

Os telefones suportados atualmente pela ROM MIUIBrasil são:
Redmi 2, Redmi 2 TD, Redmi 2 Pro, Redmi 2 Pro TD, Redmi 3, Redmi 3S/3X, Redmi 4A, Redmi 4, Redmi 4 Pro, Redmi Note 2,  Redmi Note 3, Redmi Note 3 Pro, Redmi Note 3 Pro SE,  Redmi Note 4, Redmi Note 4X, Redmi Pro, Mi 3/Mi 4, Mi 4c, Mi 4s, Mi 5, Mi 5S, Mi 5S Plus, Mi Note, Mi Note Pro, Mi Note 2, Mi Max, Mi Max Pro (64/128GB) e Mi MIX.

ATENÇÃO: As ROMs para Redmi 4A, Redmi 4 e Mi Note 2 não foram testadas e podem não funcionar. Em caso de não funcionamento, avise-nos através do inbox no Facebook ou em nosso fórum. Faça sempre um backup de seus arquivos antes de instalar qualquer atualização para evitar a perda de dados. A equipe da MIUI Brasil não se responsabiliza pela instalação de ROMs ou possíveis erros que possam ocorrer decorrentes do mesmo.

Caso encontre algum bug nestas ROMs, reporte diretamente no fórum.
Para acessar os downloads, clique aqui.

[DOWNLOAD] – ROM MIUI Brasil 7.3.30

As atualizações chegaram! 🙂

Mais uma versão da MIUI Brasil disponível para nossos usuários!

Vamos aos avisos?

Se é a sua primeira vez instalando uma ROM MIUI Brasil, você pode entender direitinho o que elas trazem de diferente clicando aqui. Caso seu telefone ainda seja bloqueado, ou você tenha acabado de recebê-lo, recomendamos que você verifique aqui se a ROM que está no seu telefone é original. No mesmo artigo, você encontrará informações detalhadas de como desbloquear o seu bootloader!

Caso ainda assim você tenha alguma dúvida, acesse nossa página no Facebook, nosso grupo no Facebook ou nosso grupo no Telegram!

Para usuários da MIUI Brasil que não estiverem conseguindo utilizar o Now on Tap após a instalação do App do Google, façam o seguinte:

  • Acessem o menu Configurações > Apps instalados (ou Apps) > Botão “Padrões” > Assist. e entrada por voz > App de assistência;
  • Selecione o App do Google na lista exibida, e pronto. Now on Tap ativado! 🙂

Atenção: para as atualizações do MIUI que alterem a versão base do Android (ex.: do Android 6.0 para 0 7.0), é obrigatório que seja feita a instalação da ROM oficial chinesa/global antes de instalar a custom ROM, e ainda é necesário refazer o desbloqueio de bootloader, conforme instruído pela Xiaomi quando o upgrade de versões do Android ocorrem. Certifique-se de que você já tem permissão para desbloqueio antes de fazer a instalação. Caso o bootloader bloqueie novamente, basta utilizar o MiFlashUnlock para refazer o processo de desbloqueio no novo modem.

Atenção: ROMs MIUI Brasil são ROMs personalizadas (custom) com base na MIUI China oficial, como parte dos esforços no Brasil do fansite oficial.

Atenção: a partir deste release, as ROMs MIUI Brasil serão compiladas quinzenalmente até o lançamento do MIUI 9. Isto permitirá que nossos desenvolvedores aperfeiçoem ainda mais o sistema de compilação de ROMs para quando a nova versão do Sistema Operacional seja lançada ao público. Tomamos esta decisão de acordo com a frequência e relevância de atualizações do MIUI nesta reta final. Como as melhorias estão sendo mínimas, a atualização quinzenal é o melhor approach para que possamos otimizar ainda mais o uso do tempo de nossa equipe em problemas críticos.

Agora, ao que interessa: o que mudou nesta semana?

Changelog MIUI 7.3.30 (baseada no MIUI China 7.3.16)

Segurança
Novo –
 Gerenciamento de início automático para apps do sistema

MIUI Brasil
Novo – Otimização da tradução
Novo – Correção de FC para Redmi Note 4 e Redmi Pro

Os telefones suportados atualmente pela ROM MIUIBrasil são:
Redmi 2, Redmi 2 TD, Redmi 2 Pro, Redmi 2 Pro TD, Redmi 3, Redmi 3S/3X, Redmi 4A, Redmi 4, Redmi 4 Pro, Redmi Note 2,  Redmi Note 3, Redmi Note 3 Pro, Redmi Note 3 Pro SE,  Redmi Note 4, Redmi Note 4X, Redmi Pro, Mi 3/Mi 4, Mi 4c, Mi 4s, Mi 5, Mi 5S, Mi 5S Plus, Mi Note, Mi Note Pro, Mi Note 2, Mi Max, Mi Max Pro (64/128GB) e Mi MIX.

ATENÇÃO: As ROMs para Redmi 4A, Redmi 4 e Mi Note 2 não foram testadas e podem não funcionar. Em caso de não funcionamento, avise-nos através do inbox no Facebook ou em nosso fórum. Faça sempre um backup de seus arquivos antes de instalar qualquer atualização para evitar a perda de dados. A equipe da MIUI Brasil não se responsabiliza pela instalação de ROMs ou possíveis erros que possam ocorrer decorrentes do mesmo.

Caso encontre algum bug nestas ROMs, reporte diretamente no fórum.
Para acessar os downloads, clique aqui.

[DOWNLOAD] ROM MIUI Brasil 7.3.16

As atualizações chegaram! 🙂

Mais uma versão da MIUI Brasil disponível para nossos usuários!

Vamos aos avisos?

Se é a sua primeira vez instalando uma ROM MIUI Brasil, você pode entender direitinho o que elas trazem de diferente clicando aqui. Caso seu telefone ainda seja bloqueado, ou você tenha acabado de recebê-lo, recomendamos que você verifique aqui se a ROM que está no seu telefone é original. No mesmo artigo, você encontrará informações detalhadas de como desbloquear o seu bootloader!

Caso ainda assim você tenha alguma dúvida, acesse nossa página no Facebook, nosso grupo no Facebook ou nosso grupo no Telegram!

Para usuários da MIUI Brasil que não estiverem conseguindo utilizar o Now on Tap após a instalação do App do Google, façam o seguinte:

  • Acessem o menu Configurações > Apps instalados (ou Apps) > Botão “Padrões” > Assist. e entrada por voz > App de assistência;
  • Selecione o App do Google na lista exibida, e pronto. Now on Tap ativado! 🙂

Atenção: para as atualizações do MIUI que alterem a versão base do Android (ex.: do Android 6.0 para 0 7.0), é obrigatório que seja feita a instalação da ROM oficial chinesa/global antes de instalar a custom ROM, e ainda é necesário refazer o desbloqueio de bootloader, conforme instruído pela Xiaomi quando o upgrade de versões do Android ocorrem. Certifique-se de que você já tem permissão para desbloqueio antes de fazer a instalação. Caso o bootloader bloqueie novamente, basta utilizar o MiFlashUnlock para refazer o processo de desbloqueio no novo modem.

Atenção: ROMs MIUI Brasil são ROMs personalizadas (custom) com base na MIUI China oficial, como parte dos esforços no Brasil do fansite oficial.

Agora, ao que interessa: o que mudou nesta semana?

Changelog MIUI 7.3.16 (baseada no MIUI China 7.3.16)

Bloqueio de apps
Novo – Opção para ocultar conteúdo de notificações na Tela de bloqueio

MIUI Brasil
Novo – Animação de inicialização
Novo – Ícones estendidos para as Configurações adicionais
Novo – Otimização de memória e consumo de bateria (créditos ao Jamflux e toda a equipe EPIC ROM por compartilhar conosco seu código!)
Novo – Personalizações extras da MIUI Brasil na interface do sistema
Novo – Loja de temas com listagem chinesa (em testes)
Novo – Início do suporte a scripts init.d nativo
Novo – Otimização da tradução


 

Os telefones suportados atualmente pela ROM MIUIBrasil são:
Redmi 2, Redmi 2 TD, Redmi 2 Pro, Redmi 2 Pro TD, Redmi 3, Redmi 3S/3X, Redmi 4A, Redmi 4, Redmi 4 Pro, Redmi Note 2,  Redmi Note 3, Redmi Note 3 Pro, Redmi Note 3 Pro SE,  Redmi Note 4, Redmi Note 4X, Redmi Pro, Mi 3/Mi 4, Mi 4c, Mi 4s, Mi 5, Mi 5S, Mi 5S Plus, Mi Note, Mi Note Pro, Mi Note 2, Mi Max, Mi Max Pro (64/128GB) e Mi MIX.
ATENÇÃO: As ROMs para Redmi 4A, Redmi 4 e Mi Note 2 não foram testadas e podem não funcionar. Em caso de não funcionamento, avise-nos através do inbox no Facebook ou em nosso fórum. Faça sempre um backup de seus arquivos antes de instalar qualquer atualização para evitar a perda de dados. A equipe da MIUI Brasil não se responsabiliza pela instalação de ROMs ou possíveis erros que possam ocorrer decorrentes do mesmo.

Caso encontre algum bug nestas ROMs, reporte diretamente no fórum.
Para acessar os downloads, clique aqui.

[DOWNLOAD] ROM MIUI Brasil 7.3.9

As atualizações chegaram! 🙂

Mais uma versão da MIUI Brasil disponível para nossos usuários!

Vamos aos avisos?

Se é a sua primeira vez instalando uma ROM MIUI Brasil, você pode entender direitinho o que elas trazem de diferente clicando aqui. Caso seu telefone ainda seja bloqueado, ou você tenha acabado de recebê-lo, recomendamos que você verifique aqui se a ROM que está no seu telefone é original. No mesmo artigo, você encontrará informações detalhadas de como desbloquear o seu bootloader!

Caso ainda assim você tenha alguma dúvida, acesse nossa página no Facebook, nosso grupo no Facebook ou nosso grupo no Telegram!

Para usuários da MIUI Brasil que não estiverem conseguindo utilizar o Now on Tap após a instalação do App do Google, façam o seguinte:

  • Acessem o menu Configurações > Apps instalados (ou Apps) > Botão “Padrões” > Assist. e entrada por voz > App de assistência;
  • Selecione o App do Google na lista exibida, e pronto. Now on Tap ativado! 🙂

Atenção: para as atualizações do MIUI que alterem a versão base do Android (ex.: do Android 6.0 para 0 7.0), é obrigatório que seja feita a instalação da ROM oficial chinesa/global antes de instalar a custom ROM, e ainda é necesário refazer o desbloqueio de bootloader, conforme instruído pela Xiaomi quando o upgrade de versões do Android ocorrem. Certifique-se de que você já tem permissão para desbloqueio antes de fazer a instalação. Caso o bootloader bloqueie novamente, basta utilizar o MiFlashUnlock para refazer o processo de desbloqueio no novo modem.

Atenção: ROMs MIUI Brasil são ROMs personalizadas (custom) com base na MIUI China oficial, como parte dos esforços no Brasil do fansite oficial.

Atenção: Nesta semana, as ROMs para o Mi 4C, Mi 4S e Mi Note Pro não estão disponíveis por não terem sido lançadas na China. A previsão de lançamento dada para estes modelos é para o dia 13 ou 14 de março. Tentaremos publicá-las logo em seguida, fiquem ligados 🙂

Agora, ao que interessa: o que mudou nesta semana?

Changelog MIUI 7.3.9 (baseada no MIUI China 7.3.9)

Tela inicial

Correção – Problemas com a posição de ícones após o layout da Tela inicial ser restaurado da Mi Cloud

Outros

Correção de erros que ocorriam após criar o Segundo Espaço
Correção de reinicializações aleatórias ao alternar para o Segundo Espaço

MIUI Brasil

Correção – Correção de fechamentos forçados (FCs) para Redmi Note 4 e Redmi Pro no com.android.phone.
(caso o erro ainda persista após a atualização, entre em contato conosco!)
Otimização – Otimização dos patches implementados pela MIUI Brasil para melhor suporte à comunidade local.

Os telefones suportados atualmente pela ROM MIUIBrasil são:
Redmi 2, Redmi 2 TD, Redmi 2 Pro, Redmi 2 Pro TD, Redmi 3, Redmi 3S/3X, Redmi 4A, Redmi 4, Redmi 4 Pro, Redmi Note 2,  Redmi Note 3, Redmi Note 3 Pro, Redmi Note 3 Pro SE,  Redmi Note 4, Redmi Note 4X, Redmi Pro, Mi 3/Mi 4, Mi 4c, Mi 4s, Mi 5, Mi 5S, Mi 5S Plus, Mi Note, Mi Note Pro, Mi Note 2, Mi Max, Mi Max Pro (64/128GB) e Mi MIX.
ATENÇÃO: As ROMs para Redmi 4A, Redmi 4, Mi Note 2, Mi MIX e Mi 5S Plus não foram testadas e podem não funcionar. Em caso de não funcionamento, avise-nos através do inbox no Facebook ou em nosso fórum. Faça sempre um backup de seus arquivos antes de instalar qualquer atualização para evitar a perda de dados. A equipe da MIUI Brasil não se responsabiliza pela instalação de ROMs ou possíveis erros que possam ocorrer decorrentes do mesmo.

Caso encontre algum bug nestas ROMs, reporte diretamente no fórum.
Para acessar os downloads, clique aqui.

[DOWNLOAD] ROM MIUI Brasil 7.3.2

As atualizações chegaram! 🙂

Como promessa é dívida, mais uma versão da MIUI Brasil disponível para nossos usuários! Nesta última semana o lançamento foi atrasado para que pudéssemos corrigir os bugs que impediram o lançamento da versão da semana passada (7.2.23). Testamos a grande maioria das ROMs antes de sua publicação e em 100% dos aparelhos testados as ROMs já estão novamente funcionando sem problemas.

Vamos aos avisos?

Se é a sua primeira vez instalando uma ROM MIUI Brasil, você pode entender direitinho o que elas trazem de diferente clicando aqui. Caso seu telefone ainda seja bloqueado, ou você tenha acabado de recebê-lo, recomendamos que você verifique aqui se a ROM que está no seu telefone é original. No mesmo artigo, você encontrará informações detalhadas de como desbloquear o seu bootloader!

Caso ainda assim você tenha alguma dúvida, acesse nossa página no Facebook, nosso grupo no Facebook ou nosso grupo no Telegram!

Para usuários da MIUI Brasil que não estiverem conseguindo utilizar o Now on Tap após a instalação do App do Google, façam o seguinte:

  • Acessem o menu Configurações > Apps instalados (ou Apps) > Botão “Padrões” > Assist. e entrada por voz > App de assistência;
  • Selecione o App do Google na lista exibida, e pronto. Now on Tap ativado! 🙂

Atenção: para as atualizações do MIUI que alterem a versão base do Android (ex.: do Android 6.0 para 0 7.0), é obrigatório que seja feita a instalação da ROM oficial chinesa/global antes de instalar a custom ROM, e ainda é necesário refazer o desbloqueio de bootloader, conforme instruído pela Xiaomi quando o upgrade de versões do Android ocorrem. Certifique-se de que você já tem permissão para desbloqueio antes de fazer a instalação. Caso o bootloader bloqueie novamente, basta utilizar o MiFlashUnlock para refazer o processo de desbloqueio no novo modem.

Atenção: ROMs MIUI Brasil são ROMs personalizadas (custom) com base na MIUI China oficial, como parte dos esforços no Brasil do fansite oficial.

Atenção: Nesta semana, as ROMs para o Mi 4C, Mi 4S e Mi Note Pro não estão disponíveis por não terem sido lançadas na China.

Agora, ao que interessa: o que mudou nesta semana?

Changelog MIUI 7.3.2 (baseada no MIUI China 7.3.2)

 

Sistema

Otimização – Problemas de performance causados por atividade da CPU em segundo plano minimizados

Galeria

Novo – Grupos personalizados para álbuns com pessoas
Novo – Pausa de backups em andamento

Gravador de tela

Novo – Introduzido sistema para gravação de telas nativamente;

Anotações

Otimização – Ajustes de layout para fotos compartilhadas

MIUI Brasil

Correção – Correção de fechamentos forçados (FCs) para Redmi Note 4 e Redmi Pro no com.android.phone.
(caso o erro ainda persista após a atualização, entre em contato conosco!)

 

Os telefones suportados atualmente pela ROM MIUIBrasil são:
Redmi 2, Redmi 2 TD, Redmi 2 Pro, Redmi 2 Pro TD, Redmi 3, Redmi 3S/3X, Redmi 4A, Redmi 4, Redmi 4 Pro, Redmi Note 2,  Redmi Note 3, Redmi Note 3 Pro, Redmi Note 3 Pro SE,  Redmi Note 4, Redmi Note 4X, Redmi Pro, Mi 3/Mi 4, Mi 4c, Mi 4s, Mi 5, Mi 5S, Mi 5S Plus, Mi Note, Mi Note Pro, Mi Note 2, Mi Max, Mi Max Pro (64/128GB) e Mi MIX.
ATENÇÃO: As ROMs para Redmi 4A, Redmi 4, Mi Note 2, Mi MIX e Mi 5S Plus não foram testadas e podem não funcionar. Em caso de não funcionamento, avise-nos através do inbox no Facebook ou em nosso fórum. Faça sempre um backup de seus arquivos antes de instalar qualquer atualização para evitar a perda de dados. A equipe da MIUI Brasil não se responsabiliza pela instalação de ROMs ou possíveis erros que possam ocorrer decorrentes do mesmo.

Caso encontre algum bug nestas ROMs, reporte diretamente no fórum.
Para acessar os downloads, clique aqui.

Além de novos dispositivos, eis que surge um gigante em chipset

 

Lei Jun, presidente da Xiaomi, apresenta o Surge S1 chipset, no evento de lançamento. Photo: AFP

Lei Jun, presidente da Xiaomi, apresenta o Surge S1 chipset, no evento de lançamento. Photo: AFP

Oficialmente a partir de agora, a Xiaomi figura entre os quatro únicos fabricantes de smartphones que possuem SoC próprio. O SoC, cuja sigla significa System-on-a-Chip, é um chip de silício que integra quase todos os componentes de processamento do smartphone. Com o Surge S1, a Xiaomi entra para o seleto grupo de fabricantes que possuem a independência comercial de produzir os chipsets de seus dispositivos, juntamente com as igualmente gigantes Apple, Huawei e Samsung.

O Surge S1 é um processador octa-core 64-bit (4xA53 2.2GHz + 4xA53 1.4GHz) que vai até 2.2GHz na frequência máxima, já o GPU Mali-T860 quad-core tem 40% de eficiência a mais em relação a consumo de energia comparado ao Mali-T760 quando roda aplicativos de gráfico intenso. Também está incluso um DSP de alta performance 32-bit para melhor processamento de voz em relação às chamadas e dois microfones pra redução de ruídos, assim sua voz será bem clara nas ligações. O dual ISP 14-bit melhora a capacidade de processamento de imagens junto com o algoritmo Surge do ISP que melhora a sensibilidade à luz da câmera em até 150% e o algoritmo de redução de ruídos duplo que preserva detalhes mesmo em ambientes de pouca luz. Há também uma basebad atualizável, isto é, chamada de voz definição VoLTE e maior segurança em relação a estações fraudulentas.

Resumo:

  • Chipset octa-core 64-bit  (4xA53 2.2GHz + 4xA53 1.4GHz)
  • 28nm processo HPC (High Performance Computing)
  • GPU Mali-T860  quad-core
  • AFBC  + ASTC tecnologia de compressão de imagens
  • DSP 32-bit de alta performance para processamento de voz
  • dual ISP 14-bit, capacidade de processamento de imagens
  • Algoritmo Surge ISP que melhora sensibilidade a luz da câmera em até 150%
  • Algoritmo de redução de ruídos duplo que preserva detalhes da imagem mesmo em baixa luz
  • Suporte para vídeo ou chamada VoLTE de alta qualidade
  • Baseband atualizável, modem programável, via OTA
  • Chip-level de segurança, arquitetura TEE, normas de seguranças
  • Antutu Score 64,817

O Mi 5c, lançado no evento de hoje, é o primeiro dispositivo da Xiaomi a receber o referido SoC de fabricação própria. Com a parte frontal bastante semelhante ao titular da linha, o Mi 5c apresenta um corpo em metal bastante leve, em três opções de cores, e possui um baixo consumo de bateria, o que garante a autonomia de um dia inteiro de uso. Com 5,15” e emoldurada por bordas de apenas 1,66mm, a tela do dispositivo traz alta definição e um ajuste de brilho muito eficiente, com quase 10 vezes mais níveis do que normalmente são trazidos nos aparelhos. Outro diferencial do Mi 5c é a câmera traseira: seus pixels são 24% maiores que os dos smartphones comuns, o que permite a entrada de mais luz no momento da captura e, consequentemente, maior riqueza de detalhes nas fotos.

Veja as principais características do Mi 5c:

  • Chipset Surge S1 octa-core 64-bit (2.2GHz quad-core A53 + 1.4GHz quad-core A53)
  • Corpo de metal anatômico com 132g
  • Tela de 5,15” com 2048 níveis de ajuste de brilho
  • Bateria de 2560 mAh e suporte para carregamento rápido 3.0
  • 3GB RAM e 64 GB ROM
  • Câmera traseira de 12MP e frontal de 8MP
  • Leitor de impressão digital frontal
  • 64.817 de pontuação no Antutu
  • Versões nas cores Rose Gold, Gold e Black

E quanto custo toda essa alegria? Segundo foi anunciado no evento de hoje, a versão 3GB Ram + 64GB Rom será vendida na China por inacreditáveis R$679,00, em conversão direta.

E teve mais lançamento: o Redmi 4X, outro dispositivo bastante esperado, também foi anunciado hoje. Como integrante da vasta família Redmi, cujos aparelhos têm trazido baterias de grande capacidade, desempenho superior aos dos outros intermediários e excelentes preços, o caçula Redmi 4X fez jus ao nome.

Confira algumas das suas invejáveis especificações:

      • Micro Sim e Nano Sim
      • Chipset Snapdragon 431, 1.4 GHz e Adreno 505
      • Corpo premium de metal
      • Tela de 5” e vidro curvo 2.5D
      • Bateria de 4100 mAh e suporte pra carregamento rápido 3.0
      • 2GB RAM e 16GB ROM ou 3GB RAM e 32GB ROM
      • Até 128GB de armazenamento expansível
      • Câmera traseira de 13MP e frontal de 5MP
      • Leitor de impressão digital traseiro
      • Três cores: Gold, Black e Cherry Blossom

O preço do Redmi 4X, em conversão direta, é de R$ 318,00, na versão 2GB Ram + 16GB Rom, e R$ 405,00 para a versão 3GB Ram + 32GB Rom. Perfeito para quem já gastou muito no Carnaval e precisa de um smartphone realmente bom e barato.

Eu adorei! E vocês? O que acharam destes lançamentos?

[DOWNLOAD] ROM MIUI Brasil 7.2.4

Xiaomi Redmi Note 4 é lançado oficialmente na Índia

Aguardado por um longo tempo após o sucesso do Redmi Note 3 Pro, o Redmi Note 4 foi oficialmente anunciado hoje em um evento da Xiaomi na cidade de Dehli, na Índia.

Fazendo parte da linha de smartphones intermediários da Xiaomi, o Redmi Note 4 conta com especificações bem parecidas com seu irmão menor, o Redmi 4: o dispositivo conta com um processador Qualcomm Snapdragon 625, bateria de 4100mAh (infelizmente como ocorre na linha Redmi, o novo dispositivo não possui suporte à tecnologia Quick Charge) e display de 5,5″ com resolução Full HD (1080p).


Para quem já possui o Redmi Note 3 Pro, as mudanças principais nesta nova versão são o processador (que possui um controle mais aprimorado no gerenciamento de energia), e o design acompanhando as novas linhas de dispositivos Xiaomi.

O Redmi Note 4 foi anunciado em três versões, com mudanças no tamanho da RAM e capacidade de armazenamento interno: 2/16GB (aprox. R$498,00), 3/32GB (aprox. R$550,00) e 4/64GB (aprox. R$650,00). Todos os modelos já virão com o MIUI 8 baseado no Android Marshmallow, com possibilidade de atualização futura para o Nougat. A novidade para o mercado indiano também ganha uma nova cor: além dos conhecidos modelos prata e dourado, foi também anunciado para a Índia a versão preta do dispositivo.

Especificações:

  • Processador Qualcomm Snapdragon 625 (Octa-core, 2.0GHz)
  • 2/16GB, 3/32GB ou 4/64GB de RAM/Armazenamento
  • Leitor de impressões digital traseiro
  • Tela de 5.5″ Full HD com tecnologia Sunlight Display
  • Câmera frontal de 5MP
  • Câmera traseira de 13MP BSI com PDAF 0.1s, abertura de f/2.0, lente de 5 elementos e gravação em slow-motion [email protected]
  • Bateria de 4100mAh (sem suporte a QuickCharge)
  • Slot SIM híbrido (2x SIM ou 1x SIM + 1x Micro SD)

As vendas do novo telefone começarão no dia 23 de janeiro, na Índia.