Xiaomi inicia operações no México e América Latina

No ano passado, a Xiaomi suspendeu suas operações no Brasil, reduzindo seu quadro de funcionários e colocando em pausa quaisquer lançamentos para o país a curto prazo, prometendo que continuariam a oferecer seus produtos e serviços já lançados no país. Como estreante fora do mercado asiático, a empresa acertou em alguns pontos de sua estratégia, oferecendo produtos de qualidade em um preço competitivo. Mas a velocidade com que regulamentações e tributação de produtos eram alteradas acabaram contribuindo para a interrupção de sua operação de estreia. Quase 1 ano após o ocorrido, ela está de volta à América Latina juntamente com o México.

O lançamento da operação mexicana aconteceu no dia 9 de Maio, onde anunciaram os primeiros smartphones da empresa a serem lançados no país: o Redmi Note 4 e o Redmi 4X. A escolha desses aparelhos nos faz acreditar que estejam seguindo em partes o mesmo modelo que fora adotado no lançamento brasileiro.

A novidade no lançamento, entretanto, é outra: diferente do que aconteceu aqui, as vendas terão início simultaneamente em canais online (Amazon, Best Buy, Soriana, Elektra, e Walmart)  e em lojas físicas (Coppel, Best Buy, and Sam’s Club), facilitando assim para que seus potenciais consumidores tenham uma experiência de uso em primeira mão antes de optarem por adquirirem os telefones oferecidos. Para a Xiaomi, o México será a porta de entrada para o mercado latino-americano: foi anunciado no mesmo evento que alguns países da América Latina (Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, Uruguai e Paraguai) também contarão com canais de venda oficiais, aumentando ainda mais a sua presença no continente. Para estes países o portfólio de dispositivos é mais diversificado: foram anunciados o Redmi 3S, Redmi 4A, Redmi 4X e Redmi Note 4, e a sua disponibilidade variará de acordo com a empresa que será responsável pelo canal de vendas. Acessórios como Power Banks e fones de ouvido também estarão disponíveis a todos os consumidores que desejarem adquirí-los.

No México, as vendas terão início no final do mês com o Redmi Note 4 sendo vendido a MXN 5,499 (cerca de R$915,00), e o Redmi 4x a MXN 3,999 (cerca de R$665,00). Ainda não há informações sobre o valor ou disponibilidade dos produtos para o restante dos países anunciados.

Além dos produtos, foi anunciado ainda a plataforma Mi Community para a operação LATAM, onde seus usuários poderão compartilhar experiências, tirar dúvidas e participar de competições concorrendo a prêmios, num formato semelhante ao já existente no Fórum oficial. Anteriormente, a Mi Community estava disponível apenas para seus usuários indianos.

Você pode conferir mais sobre a Mi Mexico em sua página oficial no Facebook, clicando aqui.